Acordo do Governo Federal com o Banco do Brasil prevê a criação de fundo imobiliário

O secretário do Patrimônio da União, Sidrack Correia e o diretor do Banco do Brasil, João Rabelo Júnior, assinaram recentemente o acordo de cooperação técnica para o desenvolvimento de um fundo de investimento imobiliário para o Governo Federal. Parceria semelhante foi feita com a Caixa Econômica Federal (CEF) em junho deste ano. 

O acordo que tem como objetivo a redução de custos de administração de bens patrimoniais e imóveis do Governo Federal, poderá proporcionar também a melhora no retorno financeiro, além de aumentar a eficácia da gestão feita pela Secretaria do Patrimônio da União (SPC).

Farão parte do fundo, imóveis que não sejam adequados ao uso da administração pública ou que não sejam utilizados para a execução de políticas públicas. Atualmente, consta no cadastro da SPC cerca de 650 mil imóveis.

Para a próxima etapa deste acordo, foi estabelecido um prazo de 90 dias para que o Banco do Brasil ofereça um modelo melhor de estruturação, gestão e administração do fundo, conforme a Lei nº 13.240/2015.

Por Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb.

Veja também: