Comercialização de imóveis usados segue oscilando e cai 6,31% em maio em São Paulo

Pesquisa realizada pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (Crecisp) registrou em maio queda de 6,31% nas vendas de imóveis usados no estado de São Paulo em relação ao mês anterior. Com o resultado, as vendas no acumulado do ano passaram de uma alta de 12,16% em abril para 5,85% no quinto mês de 2017.

Em maio, a preferência dos compradores foi por apartamentos (56% do total) ante casas (44%). Do total, 62,39% preferiram unidades com até R$ 4 mil o metro quadrado. O financiamento imobiliário foi o mais procurado, representando 55,42% das vendas.

O preço médio entre as unidades comercializadas foi de R$ 300 mil. Os descontos atingiram cerca de 7,03% sobre o preço inicial em bairros de áreas nobres, 9,62% em bairros centrais e 11,15% em bairros de periferia.

Entre as 37 cidades que compõem a pesquisa, as vendas cresceram na Capital (0,51%) e nas cidades de Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Guarulhos e Osasco (12,38%). Contudo, o Litoral e o Interior sofreram queda de 1,62% e 23,11%, respectivamente.

Locação

A locação, por sua vez, obteve em maio alta de 8,77% na comparação com o mês anterior, fazendo com que o saldo acumulado entre janeiro e maio atingisse 27,58%.

Nas 37 cidades pesquisadas, os maiores aumentos foram nas regiões da Capital (15,55%), Interior (6,13%), Litoral (1,36%) e nas cidades de Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Guarulhos e Osasco (3,86%).

De acordo com o Crecisp, 52,82% dos imóveis alugados foram casas e 47,18% apartamentos. Em relação ao valor, cerca de 52,42% estão na faixa de preço de até R$ 1.000,00.

Entre as formas de pagamento a preferência foi por fiador representando 59,36% dos contratos, seguido pelo depósito com 15,66%, caução de imóveis 12,01% e seguro-fiança com 9,26%. A média de descontos dos proprietários foi de 10,43% para imóveis em áreas nobre, 12,08% em bairros periféricos e 12,14% para bairros centrais.

A pesquisa Crecisp foi realizada em 37 cidades do Estado de São Paulo. São elas: Americana, Araçatuba, Araraquara, Bauru, Campinas, Diadema, Guarulhos, Franca, Itu, Jundiaí, Marília, Osasco, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Rio Claro, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba, Taubaté, Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião, Bertioga, São Vicente, Peruíbe, Praia Grande, Ubatuba, Guarujá, Mongaguá e Itanhaém.

Por Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb.

Veja também: