Governo de São Paulo adia pregão para escolher gestor de fundo imobiliário

O Governo de São Paulo informou nesta quinta-feira (21) o adiamento do Pregão Presencial nº 02/2017, que seria responsável pela contratação de serviços técnicos especializados de estruturação, administração, custódia e operação do Fundo de Investimento Imobiliário do Estado de São Paulo (FII). A decisão foi tomada após suspensão da licitação para exame prévio do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP).

Com o objetivo de desmobilizar e aumentar os recursos para a infraestrutura, o FII teve seu edital publicado em agosto. O fundo será responsável por operar a carteira de imóveis do estado, iniciando por 267 imóveis dos cinco mil em estoque atualmente, estimando um lucro de R$ 1 bilhão.

As primeiras unidades foram selecionadas conforme a documentação regularizada e a facilidade para comercialização. Estão incluídas unidades comerciais, residenciais, terrenos, barracões, oficinas e ginásios. Para informações dos imóveis como área, localização e registro do cartório acesse o edital do FII clicando aqui.

Por Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb.

Veja também: