Construsul movimenta R$ 400 milhões em Novo Hamburgo

A 20ª Construsul – Feira Internacional da Construção, realizada no Pavilhão da Fenac, em Novo Hamburgo (RS), movimentou cerca de R$ 400 milhões em volume de negócios entre os expositores. O patamar, próximo dos valores de 2016, surpreendeu os organizadores. “O importante dessa iniciativa é a difusão da inovação e de novas tecnologias. A feira leva informações ricas a empreiteiro, empreendedor, pedreiro e construtor. Isso permite pensar em novas maneiras de usar uma ferramenta ou promover a melhoria da qualidade”, afirma Luiz Inácio Sebenello, diretor de relações institucionais da Sul Eventos, empresa que organizou o evento.

Considerada a segunda maior feira de negócios da construção civil no país, a Construsul aconteceu entre os dias 2 e 5 de agosto. Nesta edição, o público foi estimado em 45 mil pessoas. “As empresas flexibilizam as negociações com o objetivo de atingir os resultados desejados. O foco precisa estar no cliente, e é isso o que elas estão fazendo”, disse Paulo Richter, diretor da Sul Eventos.

Em agosto de 2018, a feira será realizada no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre.

Difusão de inovação e novas tecnologias: foco no cliente é uma das razões do sucesso da feira

Grupo Multiplan investe R$ 440 milhões no ParkShopping Canoas

Com inauguração prevista para o dia 9 de novembro, o ParkShopping Canoas, no município de Canoas (RS), vai contar com 120 mil m² de área construída. Serão 258 lojas, sete salas de cinema, academia de ginástica e pista de patinação no gelo. No empreendimento, foram investidos R$ 440 milhões, e o shopping vai criar mais de 3 mil empregos diretos. “Decidimos investir em Canoas por ser uma área com grande demanda. Temos ali uma confluência de cidades da Região Metropolitana de Porto Alegre e do Vale dos Sinos, com uma deficiência não só de opções de consumo, mas também de lazer”, afirma o presidente do grupo Multiplan, José Isaac Peres. Várias obras ao redor do novo shopping estão movimentando a economia da cidade, como a expansão do Parque Municipal Getúlio Vargas, situado em frente; as duplicações das avenidas Dr. Sezefredo de Azambuja Vieira e Farroupilha; e o futuro túnel da BR-116, que vai ser implantado pela prefeitura local. O Park-Shopping já alocou 88,4% de suas lojas, e as chaves foram entregues aos lojistas no dia 3 de agosto.

Governo goiano investe no Distrito Agroindustrial de Anápolis

O governador de Goiás, Marconi Perillo, anunciou um investimento de mais de R$ 250 milhões em infraestrutura no Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia), o segundo maior pólo farmoquímico do Brasil – que ultrapassou o Rio de Janeiro e só perde para São Paulo. Na região, localizam-se cerca de 168 empresas do setor, além de 20 grandes laboratórios farmacêuticos, que empregam em torno de 6 mil pessoas. Os recursos serão destinados para as seguintes obras: ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto e do Sistema de Captação de Água do Rio Capivari, que abastece a cidade; reinício da construção do anel viário, que liga a BR-060 ao Daia; a construção do aeroporto de cargas e de um centro de convenções; e ampliação do Hospital de Urgências Henrique Santillo.

Neoway apresenta previsões de obras para o período 2017-2022

As obras previstas para o período 2017 a 2022 deverão ter uma queda de 28,2% com relação ao período 2016 a 2021. A soma de investimentos projetados para 2017-2022 é de R$ 744,5 bilhões. Os dados foram fornecidos pela empresa de inteligência de mercado Neoway, que elaborou o relatório Análises de Infraestrutura – de 2017 a 2022. A maior queda (de 432,9%) ocorreu nas obras em andamento, que somam R$ 312,2 bilhões. Para criar seus relatórios, a Neoway usa a plataforma SIMM Construction Suite, com uma grande base de dados de obras, construtores e influenciadores.

Cartão Reforma beneficiará cerca de 120 mil famílias até 2018

Segundo o Ministério das Cidades, de 85 mil a 120 mil famílias deverão ser beneficiados com o programa Cartão Reforma até 2018. A previsão, antes do corte feito no orçamento, era de que o programa atingisse 170 mil famílias. De acordo com as novas regras, cada família poderá receber até R$ 9.646,07 para reformar, ampliar ou concluir moradias. O ministro das Cidades, Bruno Araújo, especificou os valores que poderão ser repassados para cada caso: R$ 8.048,18 (ampliação de residência com mais de três moradores); R$ 1.645,88 (esgoto sanitário); R$ 5.009,84 (construção de banheiro exclusivo); R$ 7.000,21 (conclusão de obra). Para receber o benefício, o candidato precisa ter mais de 18 anos, residir no local da reforma e se responsabilizar pela obra. É necessário ainda ter um celular que receba mensagens de SMS e se dispor a receber visitas regulares de técnicos para vistorias da obra.

Mercado de material de construção cresce 4% em vendas no varejo

Segundo a Pesquisa Tracking mensal, da Anamaco, as vendas no varejo de material de construção tiveram um crescimento de 4% no mês de julho com relação ao mês anterior. Por outro lado, o volume de vendas foi 5% inferior, em comparação a julho do ano passado. Na pesquisa, foram entrevistados 530 lojistas entre os dias 26 e 29 de julho. Com os resultados apresentados nos primeiros sete meses do ano, o setor registra um crescimento de 3% sobre o mesmo período do ano passado. No acumulado dos últimos 12 meses, o varejo de material de construção teve retração de 5%. “Ainda dependemos muito do aumento da confiança do consumidor, mas reforma não é uma coisa que é possível adiar por muito tempo. As lojas estão investindo em promoções para girar os estoques, e o consumidor está aproveitando para fazer pequenas obras e reformas”, afirma Cláudio Conz, presidente da Anamaco. Otimista, Conz acredita que vai fechar 2017 com 5% de crescimento sobre 2016, quando o faturamento chegou a R$ 110 bilhões.

Veja também: