ABRAMAT: vendas de materiais para construção voltam a crescer após quatro anos

O Índice da Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Construção (Abramat) registrou em setembro crescimento de 0,1% nas vendas de materiais de construção na comparação com agosto. Essa é a primeira alta desde fevereiro de 2014. Em 12 meses, a queda continua com 7,1% e no acumulado no ano de 5,3%.

Conforme a entidade, o resultado positivo é impulsionado pelas vendas da indústria ao varejo, que obteve crescimento de 4% no acumulado no ano. Os produtos de base também registraram variação positiva, encerrando o mês com 0,9% a mais que o apresentado em setembro de 2016.

A taxa de emprego também está apresentou desaceleração no ritmo de queda em setembro, com -5,3% no acumulado no ano frente aos -6,2% registrados em agosto.

“Os resultados caminham para a confirmação da previsão de queda em 2017 de 5% com uma ligeira melhora até o final do ano. A recuperação será gradual uma vez que persistem as principais causas da baixa demanda, ou seja, desemprego alto, crédito dificultado, juros elevados e baixa atividade de novas edificações e de obras de infraestrutura. A arrecadação em queda limita a capacidade de investimento pelos diferentes governos, o que poderia ser mitigado por uma ação mais contundente de combate à sonegação fiscal”, comenta o presidente da Abramat, Walter Cover.

Por Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb

Veja também: