Caixa reduz teto de financiamento para 50% do valor dos imóveis usados

A Caixa Econômica Federal informou, por meio de nota, que passou a financiar apenas 50% do valor dos imóveis usados, além de suspender operações com interveniente quitante. A medida começou a valer no dia 25 de setembro e não afeta as operações em andamento.

A redução é a segunda alteração na política de financiamento do banco neste ano, sendo a primeira em agosto, onde a Caixa diminuiu o teto de empréstimos de 90% para 80% do valor para as unidades novas e de 70% para 60% para as unidades usadas. Na época, a instituição financeira disse que a mudança visava a “adequação em relação à política de alocação de capital do banco”

Linha Pró-Cotista

A Linha Pró-Cotista recebeu no primeiro semestre de 2017 cerca de R$ 6,1 bilhões pela Caixa para novos empréstimos, porém em julho foi suspensa. Os financiamentos da linha atendem três faixas: até R$ 225 mil, até R$ 500 mil e superiores a R$ 500 mil. A taxa de juros efetiva é de 8,85% ao ano, mas é oferecida uma de 7,85% ao ano a clientes que tenham débito em conta ou conta salário.

A linha contempla empréstimos a pessoas com três anos de trabalho, conta vinculada ao FGTS e não ser proprietários de imóveis no município ou região metropolitana onde moram ou trabalham, ou possuir financiamento no SFH em qualquer parte do País.

Por Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb.

Veja também: