Confiança da construção mineira registra melhor resultado desde 2013, aponta Sinduscon-MG

O Índice de Confiança do Empresário da Indústria da Construção de Minas Gerais (Iceicon-MG) encerrou setembro com 51,3 pontos, crescimento de 6,4 pontos na comparação com agosto (44,9 pontos). O resultado é o melhor desde dezembro de 2013 (52 pontos), além de ficar acima da média mensal histórica, de 49,7 pontos. Nos últimos 12 meses, a alta foi de 3,7 pontos, enquanto no acumulado no ano o índice subiu 7,8 pontos.

De acordo com a Sondagem realizada pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG) a atividade da construção mineira registrou em agosto 45,5 pontos, o melhor para o mês de agosto dos últimos cinco anos. O valor representa uma alta de 3,9 pontos em relação a julho (41,6 pontos) e está acima da média histórica de 44,5 pontos. O acumulado entre os meses de janeiro a setembro é de 12,3 pontos.

O índice de expectativas em relação ao nível de atividade nos próximos seis meses foi de 47,6 pontos, simbolizando uma leve queda do pessimismo no setor na comparação com os demais meses, mesmo que abaixo da linha dos 50 pontos. Em agosto esse número havia sido de 46,5 pontos. O acumulado no ano cresceu 6,5 pontos.

O indicador que apura as perspectivas dos construtores relativas a novos empreendimentos e serviços também melhorou em setembro (46,8 pontos), crescendo 0,9 ponto sobre agosto e 4,3 pontos em 2017. Por fim, o índice de expectativas de evolução do emprego aumentou 2,5 pontos entre agosto (46,9 pontos) e setembro (49,4 pontos), aproximando-se da linha divisória dos 50 pontos. O indicador foi o melhor dos últimos cinco anos para o mês de setembro e acumula elevação de 8,3 pontos em 2017.

Por Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb

Veja também: