Entidades do Rio de Janeiro se unem para combater irregularidades na construção civil

Representantes do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Rio de Janeiro (Sinduscon-Rio), Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi-RJ), Serviço Social da Indústria da Construção do Rio de Janeiro (Seconci-Rio) e Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil do Município do Rio de Janeiro (Sintraconst-Rio) assinam na última quarta-feira (21) um protocolo de intenções que formaliza a criação do movimento Construção Legal. O movimento tem como objetivo fortalecer a segurança jurídica nas relações entre governo, sociedade, trabalhadores e empresários do setor.

Segundo o presidente do Sinduscon-Rio, Roberto Kauffmann, quanto mais informações houver em circulação, mais saudáveis serão as relações entre empregados, empregadores e o Poder Púbico. Por isso, serão apresentados seminários, palestras e reuniões, entre outras ações, para disseminar informações sobre requisitos legais e normativos.

“A segurança jurídica é peça-chave para que o setor deslanchar. Todos se sentem desprotegidos quando não há regras claras a seguir. Além do protocolo de intenções, o Construção Legal pretende fazer do canal do atendimento virtual, rápido e descomplicado, uma forma de aproximar pessoas de diferentes segmentos, trazer à tona dúvidas e questões que preocupam empregadores e empregados. Queremos criar canais de aproximação”, concorda o presidente da Ademi-RJ, Claudio Hermolin.

Por Gabriel Gameiro

Veja também:

Comunicado aos Assinantes PINI!

Clique aqui.