RESULTADOS DO PRÊMIO PINI 2009 | Construção Mercado

Crédito

RESULTADOS DO PRÊMIO PINI 2009

Edição 101 - Dezembro/2009

 

 

Marcelo Scandaroli
Tarkett Fademac
Bianca Tognollo, gerente de marketing
Entrevista

Como tem evoluído o mercado de revestimentos vinílicos no Brasil?

O piso vinílico sempre foi visto como um produto técnico, mais utilizado em ambientes comerciais. Mas desde o ano passado estamos aumentando nossos investimentos no segmento de varejo, com foco mais emocional, para que o consumidor veja esse material como uma opção interessante também para sua residência. Hoje temos produtos com apelo estético baseado em tendências internacionais, produtos com matéria-prima reciclada com benefícios verdadeiramente relevantes. Isso abre as portas para outros segmentos de atuação e proporciona maior visibilidade à marca.

Em 2009 a empresa enfrentou um processo de mudança importante quando passou a ser controlada pelo grupo francês Tarkett. Qual é o impacto disso para o cliente da Fademac?

O Grupo Tarkett possui mais de 100 anos de experiência na fabricação de pisos e hoje é o líder mundial em pisos vinílicos. Tal experiência permitiu o aumento, já neste ano, da nossa oferta de importados, além de favorecer o intercâmbio de tecnologia para os produtos fabricados por aqui.

Quais são as perspectivas de mercado da empresa para este ano?

Esperamos um aquecimento das vendas neste segundo semestre de 2009. Como o segmento imobiliário está voltando aos patamares normais de lançamentos e construções, acreditamos que, em breve, isso se transforme em crescimento do mercado de revestimentos.

Veja também

Infraestrutura Urbana :: Transporte :: ed 0 - Abril 2011

Bahia pode ganhar novo complexo portuário orçado em R$ 3 bilhões

aU - Arquitetura e Urbanismo :: Catálogo :: ed 0 - Novembro 2012

Mudança dos cômodos da casa ao longo da história é retratada em livro

Destaques da Loja Pini
Aplicativos