Instalação de forro drywall | Construção Mercado

Construção

Instalação de forro drywall

Confira como instalar um forro drywall do tipo estruturado

Edição 105 - Abril/2010

Os forros drywall são constituídos de chapas de gesso acartonado parafusadas em perfis de aço galvanizado ou em peças metálicas. São utilizados no acabamento de ambientes e podem embutir instalações, rebaixar tetos, além de permitirem a criação de elementos decorativos.

A diferença básica entre os diversos tipos de forros drywall está na estrutura de suporte às chapas e se estas são removíveis ou não. Os forros podem ser classificados em quatro tipos: estruturados, perfurados, armados e removíveis. Os três primeiros são fixos, formam superfícies monolíticas e são executados com chapas com bordas longitudinais rebaixadas, que devem receber tratamento de juntas para uniformização da superfície. O quarto tipo, o removível, é constituído por chapas com bordas quadradas ou tegulares.

A utilização dos forros precisa ter como base um projeto que leve em consideração todas as exigências e limitações da arquitetura, sua segurança, o grau de exposição a que as vedações externas estarão submetidas e a localização de portas e janelas. Um projeto bem-feito reduz custos e futuras manifestações patológicas, como fissuras.

O passo-a-passo a seguir mostra a instalação de um forro drywall estruturado. O forro é montado com perfis metálicos (tabicas) fixados na parede por meio de parafusos e de tirantes chumbados no teto, onde são acoplados os reguladores (ou niveladores). O perfil metálico usado nesse caso é a tabica lisa.

A estrutura é fixada na laje superior e nas paredes laterais por meio de guias, perfis, tirantes e suportes niveladores. O acabamento final e vedação das juntas são feitos com fitas apropriadas e massa especial para esse fim. Depois, basta pintar.

As ferramentas necessárias para o serviço são: martelo, alicate, trena, nível laser, furadeira, parafusadeira, linha de marcação de nível, estilete, lápis de carpinteiro, tesoura de corte de perfis metálicos.

PASSO-A-PASSO > Forro drywall estruturado

Passo 1

Use a trena, o nível laser ou nível de bolha para marcar o alinhamento da parede, determinando a localização correta da estrutura periférica (perfis metálicos) e dos pontos de referência, que devem estar definidos no projeto. Corte as chapas de gesso de acordo com as medidas especificadas em projeto. Com o auxílio de uma mangueira de nível (foto),marque nas paredes a altura em que o forro deve ficar. Faça também a marcação dos cantos das paredes.

Passo 2

Marque todo o perímetro das paredes com o fio traçante (ou de marcação) na altura em que o forro será instalado. Depois, use a trena para medir o comprimento da parede (foto) que servirá para a tabica lisa (perfil metálico) a ser fixada na parede para suporte da placa do forro.

Passo 3

Use a tesoura para corte de perfis metálicos para cortar a tabica na mesma medida das paredes. Será necessário fazer um corte no mesmo ângulo que o do encontro das paredes, neste caso, a 45º (foto).

Passo 4

Inicie a colocação dos perfis perimetrais. Posicione a tabica de acordo com a marcação e comece a fixá-la com a parafusadeira na parede em todo o perímetro marcado. Fixe as guias na parede com espaçamento máximo de 60 cm. Em seguida, faça a marcação para a colocação dos tirantes que sustentarão os reguladores na laje do teto com espaçamento a cada 60 cm, em linha reta. Esses serão os suportes das guias na laje superior. Observe o correto alinhamento da guia superior (laje) com a guia inferior (piso).

Passo 5

Os tirantes devem ter a mesma altura que foi marcada nas paredes com o fio de giz ou linha traçante, ou seja, no comprimento do rebaixamento do teto. Após a fixação dos tirantes na laje, faça a dobra do tirante e pendure o regulador na ponta.

Passo 6

Meça e corte as tabicas. Encaixe-as no suporte nivelador de maneira que fiquem firmes. Ajuste o nível dos perfis na altura correta do rebaixo do teto (foto).

Passo 7

Use a parafusadeira para unir perpendicularmente as tabicas do teto com as tabicas fixadas nas paredes. Os parafusos devem estar distanciados a 20 cm entre si e a 10 mm da borda. Coloque a placa de gesso e comece a parafusá-la nas tabicas perpendiculares.

As instalações elétricas e de incêndio ficarão embutidas dentro do forro. Numa segunda etapa, os instaladores de elétrica e de incêndio farão os cortes na placa de gesso para puxar os fios e instalar as lâmpadas e sprinklers.

Passo 8

 

Aplique uma primeira camada de massa ao longo das juntas entre as chapas de gesso. Depois coloque a fita especial para drywall sobre o eixo da junta, pressionando com uma espátula. Aplique outra camada de massa com desempenadeira, para um acabamento uniforme.

PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>
Destaques da Loja Pini
Aplicativos