Bombeamento de concreto | Construção Mercado

Construção

Bombeamento de concreto

Contratação deve estipular volume de bombeamento mensal mínimo, prazo mínimo para agendamento e taxa por cancelamento do serviço

Por BRUNO LOTURCO
Edição 114 - Janeiro/2011

Fotos: Marcelo scandaroli
Variáveis como processo de concretagem e volume de material definem parâmetros para contratação de bombeamento de concreto
Tarefa complementar à concretagem, o bombeamento de concreto depende de definições anteriores, como o estabelecimento do tipo de processo de concretagem a ser utilizado na execução da estrutura. Também são variáveis os volumes de material envolvidos, as necessidades construtivas e, por exemplo, a origem do concreto - se virado em obra ou fornecido por concreteira. "É em função desses fatores que as empresas irão estudar qual será o tipo de equipamento de bombeamento mais adequado", explica o engenheiro Carlos Eden, diretor de construção da Brookfield Incorporações.

Sobre os equipamentos, Eden cita as bombas estacionárias - fixas e que levam, por meio de tubulações, o concreto aos locais onde será efetivamente aplicado; e as bombas-lança - acopladas ao caminhão e que possuem maior mobilidade, podendo ser levadas a diversos pontos da obra. Devido às características dos equipamentos, do concreto em si e da própria obra, o engenheiro afirma que, "para contratar esse tipo de serviço, é preciso verificar a melhor condição de aplicabilidade. O serviço tem de estar subordinado à estratégia da construção e à logística do canteiro".

A responsabilidade por essas definições na construtora contratante do serviço é da engenharia da obra, que tem influência direta na estratégia de concretagem. Mais especificamente, conforme pontua Eden, a execução subordina-se ao responsável pelo controle do concreto em si.

COTAÇÕES DE PREÇOS E FORNECEDORES

A Abesc (Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Concretagem) oferece, em seu site, um guia para contratação de concreteiras. Disponibiliza também um termo de compromisso de conduta para concreteiras e construtoras. Esses materiais auxiliam o construtor no momento de selecionar empresas para participarem da concorrência para o serviço de bombeamento de concreto.

De acordo com Felipe Garcia, engenheiro de planejamento da Método Estruturas, o mais comum é que a própria concreteira - empresa que fornece o material - forneça também o serviço de lançamento. "Costuma fazer até parte do preço deles, mas há casos em que é necessário separar", explica, referindo-se principalmente a questões de disponibilidade de equipamentos.

Garcia conta que a principal informação preliminar a ser passada às empresas interessadas é, basicamente, o volume total de concreto que será bombeado e o período de duração do serviço. "Faz parte, para elaboração da proposta, passar estimativa mensal de lançamento de concreto e o volume dos picos de lançamento", diz. Segundo ele, por vezes, o fornecedor precisa dessas informações para verificar se conta com equipamentos disponíveis e, assim, elaborar uma proposta consistente.

DEFINIÇÕES GERAIS

Nos primeiros contatos com os potenciais fornecedores são definidos os tipos de equipamentos a utilizar, bem como os volumes de concreto do empreendimento nas diversas etapas da construção. Também são levantadas questões pertinentes a bombeamentos noturnos e aos finais de semana, além de volumes mínimos para bombeamento. "Todas essas informações já devem vir na proposta do fornecedor porque são discutidas ainda na etapa de planejamento", conta Garcia.

Por isso, a participação do departamento de suprimentos deve ser direta nas etapas de orçamentação, assim como deve ser direto o envolvimento do responsável pela obra nas reuniões de alinhamento que antecedem a contratação. "Essas ocasiões são propícias para que o engenheiro conheça o fornecedor e a contratada entenda as peculiaridades da obra", pontua. As reuniões servem também para estabelecer critérios que resguardem as partes, com aplicação de multas no caso de problemas.

Dentre as definições, constam fatores como volume de bombeamento mensal mínimo, prazo mínimo para agendamento e taxa por cancelamento de serviço, por exemplo. O envolvimento dos responsáveis pelo planejamento da obra é importante porque o mais comum é que os contratos contem com cláusula que determine volume mínimo de bombeamento diário. E, nesses casos, a construtora paga esse volume mesmo que o total bombeado no dia tenha sido menor. "Quem está na obra precisa conhecer essas condições para se planejar e otimizar o contrato", recomenda Garcia.

Ele salienta, ainda, que o custo do metro cúbico da estrutura é diretamente influenciado pela concretagem - logo, também pelo lançamento do concreto - e que, por isso, é preciso levar em consideração outros critérios que não apenas o preço. "Essa etapa costuma fazer parte do caminho crítico do cronograma de obra. Por mais eventuais que sejam, atrasos prejudicam muito o prazo", alerta.

CRITÉRIOS DE DESEMPENHO

De forma geral, Eden considera relativamente simples a avaliação do serviço de bombeamento de concreto. "Esperamos que o fornecedor faça cumprir o contrato na data prevista e com os equipamentos previstos para realizar a tarefa de bombeamento", salienta. No entanto, ele recomenda alguns cuidados, como verificar se a contratada dispõe de equipamentos de reserva que possam ser acionados caso ocorram problemas durante a execução. "Não é comum acontecerem problemas, mas pode ser que ocorram falhas mecânicas da bomba ou das tubulações durante a execução. Além disso, temos de ter preocupação com o fornecimento de concreto, para não haver segregação do material", lembra.

NORMAS TÉCNICAS

ABNT NBR 14931:2004 - Execução de Estruturas de Concreto - Procedimento

 

Fotos: Marcelo scandaroli
Felipe Garcia, engenheiro de planejamento da Método Estruturas
ENTREVISTA > Felipe Garcia

Relacionamento transparente

Em que momento da obra é definida a contratação de serviços de bombeamento de concreto?

Essa definição começa com o planejamento da obra. Daí, na etapa de planejamento e de orçamentação são identificadas as necessidades. Nesse momento é que são feitas as estimativas orçamentárias junto aos fornecedores. Como no caso de serviço de bombeamento de concreto muitas das soluções dependem da logística da obra, o próprio fornecedor ajuda a definir algumas das etapas e das soluções logísticas. Essa reunião preliminar serve para ajudar a dar balizamento e a equacionar as demandas da obra com as possibilidades dos fornecedores.

Essa reunião é feita já com a empresa selecionada para realizar o serviço?

Chamamos alguns fornecedores para compor o que chamamos de mapa de equalização, onde as demandas são adaptadas à realidade. Nesse momento, chamamos duas ou três empresas para fazer as cotações e definir as propostas.

Qual a importância dessa etapa?

Isso melhora a decisão final da empresa. É também nesse momento em que são informadas as condições de canteiro da obra, como distância da bomba para o local de aplicação, a acessibilidade ao canteiro, os tipos de bomba necessários para cada etapa. Todas essas informações são passadas nessa etapa preliminar. Assim, antes de fechar o contrato, ao proceder com o alinhamento técnico e já caminhando para o alinhamento comercial, a empresa já sabe de todos os equipamentos que serão utilizados e também já conhece as etapas da obra.

Para tais definições, não bastaria o contrato?

Uma das lições que aprendemos com o tempo é que, mesmo que as cláusulas estejam claras e amadurecidas, sempre vale a pena fazer uma reunião de alinhamento para acertar as questões técnicas, operacionais e as características da obra. São nessas ocasiões em que são tiradas todas as dúvidas e também são boas oportunidades para manter o bom relacionamento entre as empresas.

 

Checklist

> Dentre outros fatores, influenciam o serviço de bombeamento principalmente a definição do processo de concretagem, o volume de material a ser bombeado, as peculiaridades da estrutura e a acessibilidade ao canteiro

> Para seleção dos prestadores de serviço, é importante verificar se a empresa dispõe dos equipamentos adequados em quantidade suficiente e se tem experiência com o tipo de serviço demandado

> Durante a solicitação da proposta é preciso passar às participantes da concorrência informações como o volume de concreto a ser bombeado e o período de duração do serviço, além da possibilidade de haver bombeamentos noturnos e/ou aos finais de semana

> Para que as condições da obra e os termos do contrato sejam conhecidos e respeitados, é importante envolver o engenheiro de obras e o departamento de suprimentos, pelo menos, nas reuniões de alinhamento

> Verifique se a contratada dispõe de equipamentos de reserva para não interromper o atendimento à obra no caso de panes