Banheiros sustentáveis | Construção Mercado

Debates Técnicos

Banheiros sustentáveis

Ajustes nos projetos e adoção de dispositivos inteligentes impulsionam desenvolvimento de sanitários mais eficientes

Por Gisele Cichinelli
Edição 173 - Dezembro/2015

A necessidade de minimizar desperdícios na fase de obras e reduzir despesas durante a operação dos edifícios tem ajudado a disseminar a incorporação de materiais e equipamentos inteligentes nos projetos de edifícios residenciais e comerciais. A consolidação dessa nova cultura passa especialmente pelo desenvolvimento dos sanitários, onde há um grande consumo de água e energia elétrica.

DIVULGAÇÃO: RACIONAL
Banheiro pré-fabricado ganha adeptos dentre empresas que buscam maior produtividade na obra

Em meio a esse cenário, cada vez mais construtoras têm adotado kits hidráulicos, metais redutores de vazão, dispositivos de acionamento eletrônico, sistemas de reúso de água e até mesmo banheiros prontos para aumentar a eficiência tanto na obra quanto na ocupação dos empreendimentos.

No caso da água, um bom planejamento em projeto tem potencial de diminuir o consumo nos banheiros em até 30%. Se o projeto considerar a instalação de sistemas de reúso de água, esse potencial sobe para 70%, afirma Wágner Oliveira, gerente de consultoria de uso e operação sustentável do Centro de Tecnologia de Edificações (CTE).

<

Conteúdo exclusivo para assinantes da revista Construção Mercado

Outras opções