O poder da personalização | Construção Mercado

Editorial

O poder da personalização

Edição 184 - Novembro/2016
 

[Imóveis feitos especialmente para universitários, jovens adultos e idosos mostram que é possível apostar em lançamentos mesmo enquanto a economia do País ainda caminha no fundo do poço]

A internet tornou-se uma grande aliada de qualquer mercado de consumo, funcionando para ambos os lados da balança: consumidores refinam suas buscas para encontrar o objeto de desejo que mais se alinha com suas necessidades e seu bolso e vendedores usam as escolhas dos clientes para adequar seus produtos de maneira a atender os anseios de seu público-alvo e, assim, lucrar mais. Pesquisas de mercado e análise do comportamento também são grandes aliados para descobrir demandas que muitas vezes nem o próprio consumidor definiu ainda. Levantamentos desse tipo permitem oferecer produtos cada vez mais personalizados e já vêm sendo explorados pelo mercado imobiliário, que passam a investir cada vez mais em nichos para tentar driblar o baixo nível de vendas.

Imóveis projetados e construídos especialmente para universitários, jovens adultos e idosos ganham as cidades e mostram que é possível apostar em lançamentos imobiliários mesmo enquanto a economia do País ainda caminha em seu fundo do poço. A matéria de capa desta edição da Construção Mercado traz alguns exemplos bem-sucedidos, os perfis dos consumidores e também de quem investe neste tipo de imóvel. Além disso, fomos em busca da "nova varanda gourmet" do mercado, ou seja, aquele algo a mais que tem ganhado popularidade nos empreendimentos e ajudado a convencer o comprador a fechar negócio. Mercado de nicho ou padrão, a mecanização dos canteiros de obras também ganha espaço quando o assunto é racionalizar custos, aumentar as margens e a velocidade da construção. O especial deste mês traz um debate técnico sobre o tema e uma reportagem mostrando os principais pontos a serem observados na hora de contratar empresas que locam equipamentos de movimentação de cargas e pessoas e oferecem ainda a mão de obra especializada e/ou treinamento. A importância e as formas de ganhar produtividade também são foco da entrevista do mês, com Giancarlo De Filippi, diretor de gerenciamento de projetos e obras do Centro de Tecnologia de Edificações (CTE), que exalta o estudo dos processos para evitar desperdícios e critica a terceirização simples como forma de economia de curto prazo. No caderno Infraestrutura Urbana, destaque para a obra do maior subterrâneo urbano do País, o Túnel Marcello Alencar, que desafogou outras vias do Rio de Janeiro e abriu espaço para reformulação da região portuária. Boa leitura!

Weruska Goeking
Editora

Destaques da Loja Pini
Aplicativos