Ministro da Fazenda anuncia aumento do teto de financiamento de imóveis com FGTS para R$ 1,5 milhão | Construção Mercado

Crédito

Notícias

Ministro da Fazenda anuncia aumento do teto de financiamento de imóveis com FGTS para R$ 1,5 milhão

Atualmente, o limite é de R$ 800 mil, exceto para Distrito Federal, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, onde está em R$ 950 mil

Luísa Cortés, do Portal PINIweb
16/Fevereiro/2017
Marcelo Scandaroli

O Ministério da Fazenda confirmou nesta quinta-feira (16) que pretende aumentar o limite de financiamento habitacional com os recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para R$ 1,5 milhão. Os detalhes, entretanto, ainda não foram divulgados.

O limite atual é de R$ 800 mil, com exceção do Distrito Federal, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, onde teto é de R$ 950 mil.

Em entrevista à GloboNews, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, prometeu beneficiar a classe média. "A classe média vai ser extremamente beneficiada, porque não só pode sacar as contas inativas [do FGTS], mas pode usar também recursos das contas ativas para financiar e pagar a casa própria", afirmou o ministro da Fazenda.

Ainda nesta semana, Meirelles afirmou que o saque das contas inativas do FGTS não afetaria o setor da construção civil e da habitação, porque o governo teria feito "cálculos rigorosos" para evitar este tipo de impacto. 

Destaques da Loja Pini
Aplicativos