Melhoram expectativas de empresários da construção de Minas Gerais para os próximos meses | Construção Mercado

Negócios

Notícias

Melhoram expectativas de empresários da construção de Minas Gerais para os próximos meses

Apesar de condições atuais ainda ruins, pesquisa do Sinduscon-MG mostra otimismo em relação a economia do País

Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb
10/Março/2017
Shutterstock

O Índice de Confiança do Empresário da Indústria da Construção de Minas Gerais (Iceicon-MG) fechou em 47,2 pontos no mês de fevereiro, o melhor patamar já atingido desde 2014. No mesmo período de 2016, a pontuação era de 30,4. Os dados são do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Minas Gerais (Sinduscon-MG).

O resultado, no entanto, ainda indica pessimismo, já que o indicador varia de 0 a 100 pontos, sendo valores abaixo da linha dos 50 pontos sinalizadores de falta de confiança. O resultado foi influenciado principalmente por conta das condições atuais de negócios os empresários 38,4 pontos.

Ainda assim, todos os dados do Iceicon-MG avançaram positivamente em fevereiro na comparação com 2016. O índice de condições atuais de negócios passou de 22,4 pontos no segundo mês do ano passado para 38,4 pontos e o da expectativa para os próximos seis meses foi de 34,5 pontos para 51,5 pontos.

"Aos poucos observamos uma recuperação do indicador de confiança, o que pode ser consequência dos sinais positivos que começam a aparecer na economia, como a redução da taxa de juros e o controle da inflação", afirma o economista e coordenador sindical do Sinduscon-MG, Daniel Furletti.

Nesse quesito, tanto as expectativas dos empresários em relação à economia do Brasil quanto à economia do estado ficaram abaixo da linha divisória dos 50 pontos, com 49,7 e 42,7 pontos, respectivamente, mas melhoraram significativamente em relação a 2016. O aumento para o indicador da economia brasileira foi de 23,3 pontos e para o estado de 16,1 pontos.