Vendas de materiais de construção têm recuo de 8,9% em janeiro, diz Abramat | Construção Mercado

Negócios

Notícias

Vendas de materiais de construção têm recuo de 8,9% em janeiro, diz Abramat

Faturamento das indústrias, porém, aumentou em relação ao mês passado, o que mostra a tendência de estabilidade em 2017

Luísa Cortés, do Portal PINIweb
9/Fevereiro/2017
Marcelo Scandaroli

O faturamento das indústrias de materiais de construção apresentou, em janeiro, um leve crescimento de 1,5% em comparação ao mês de dezembro. Em relação a janeiro de 2016, porém, houve uma queda de 8,9% e no acumulado dos últimos 12 meses, de 10,9%. Os dados são da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat), que espera estabilidade do setor em 2017.

Os empregos nas fabricantes, entretanto, continuam a cair. A retração observada em janeiro foi de 0,1% em relação a dezembro e de 7,5% em comparação a janeiro do ano passado.

O segmento dos materiais de base teve recuo frente ao mesmo mês do ano passado (de 11,4%) e aumento quanto a dezembro (de 0,7%). O nível de emprego desse setor da indústria apresentou variação de -7,5% frente a janeiro de 2016; de 0,03% em relação a dezembro; e de -9,2% nos últimos 12 meses.

Já o de acabamento caiu 5,3% em relação a janeiro de 2016 e aumento de 2,7% frente a dezembro do mesmo ano, aponta a pesquisa. Quanto ao nível de emprego nessa área, houve uma diminuição de 7,3% frente ao mesmo mês do ano anterior; de 0,4% em relação a dezembro e de 8,8% nos últimos 12 meses.

"A redução das demissões na indústria é um bom sinal. Porém, somente a implementação de medidas de incentivo à demanda e ao credito, por meio de políticas públicas ao setor da construção, a efetivação das reformas estruturais, a redução de juros e a reversão do quadro de desemprego poderão modificar a tendência atual do mercado de materiais de construção", analisa o presidente da Abramat, Walter Cover. As projeções realizadas pela associação para os próximos meses ainda não apontam para a retomada do crescimento.

Leia mais:

Empresas da indústria de materiais de construção mostram-se mais otimistas em fevereiro, aponta Abramat

Destaques da Loja Pini
Aplicativos