Abecip: preço de imóveis residenciais cai em 2017, apesar de ritmo menor

A Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) informou na última segunda-feira (22) que o Índice Geral do Mercado Imobiliário Residencial (IGMI-R) fechou 2017 com recuo de 0,60%. O número, apesar de ruim, é menor do que o de 2016, de -2,26%.

“O resultado do ano de 2017 mostra uma tendência menos negativa, na medida em que não só o ritmo de queda nos preços nominais caiu com relação a 2016, como apontado acima, mas também a variação dos índices de inflação terminou o ano em patamares historicamente muito baixos”, diz a pesquisa.

A trajetória não foi a mesma nas nove capitais pesquisadas pelo IGMI-R. Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Recife, por exemplo, apresentaram queda no indicador em 2017, mas menor do que a registrada no ano anterior. As variações passaram de -1,47% para -0,02%, de -1,44% para -1,19%, de -3,85% para -3,50%, e de -3,55% para -2,15%, respectivamente.

Foram de um resultado negativo para um positivo as cidades de São Paulo (de -2,39% para 0,40%), Curitiba (de -2,29% para 0,77%) e Salvador (de -2,87% para 0,24%). As capitais Fortaleza e Goiânia, por outro lado, registraram desempenhos positivos em 2016 e negativos em 2017, indo de 0,25% para -0,46% e de 0,73% para -0,29%, respectivamente.

“Este comportamento dos preços dos imóveis residenciais reflete o desempenho do setor de construção nas contas nacionais, que ainda não começou a acompanhar a recuperação, ainda que lenta, verificada nos demais setores”, explica a Abecip. “Mas alguma contrapartida dos efeitos do ambiente de queda de juros e recomposição do poder de compra e endividamento por parte das famílias deve colaborar para a continuidade da tendência de estabilização dos preços dos imóveis residenciais ao longo de 2018”, finaliza.

Veja também:

ATENÇÃO ASSINANTES!

O acesso às edições mais recentes das revistas AU – Arquitetura e Urbanismo, Construção Mercado, Equipe de Obra, Infraestrutura Urbana e Téchne foi restabelecido em nossa plataforma digital.