Retomadas as obras de seis mil casas do Programa Crédito Solidário, do Ministério das Cidades

O Ministério das Cidades anunciou na semana passada a retomada de seis mil obras paralisadas em todo o País por meio do Programa Crédito Solidário. Serão 6.529 casas contratadas entre 2004 e 2008 que terão as construções reiniciadas com investimento de até R$ 81,4 milhões. As moradias fazem parte de 56 empreendimentos habitacionais em diversos estados brasileiros.

“Mais de 6 mil famílias esperam pela realização do sonho da casa própria. Com a proposta apresentada e aprovada pelo Conselho Curador do Fundo de Desenvolvimento Social (CCFDS), iremos iniciar imediatamente o aporte para retomar as obras. Essas famílias poderão realizar esse sonho aguardado há muitos anos. A expectativa é de que mais de 26 mil pessoas sejam beneficiadas”, afirmou o ministro das Cidades, Alexandre Baldy.

O Fundo de Desenvolvimento Social assume as despesas com a retomada, legalização e conclusão de obras, cuja execução encontre-se paralisada, a partir de identificação em laudo de vistoria e parecer técnico de engenharia, ambos, emitidos pelo Agente Financeiro.

Por Gabriel Gameiro

Veja também: