IPT e Secovi lançam manual de gerenciamento de áreas contaminadas direcionado a investidores

O Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), o Sindicato da Habitação do Estado de São Paulo (Secovi-SP) e a Associação Brasileira de Empresas de Consultoria e Engenharia Ambiental (Aesas) apresentaram no fim de abril um guia voltado ao setor imobiliário, cujo objetivo é detalhar todas as etapas necessárias ao gerenciamento de áreas contaminadas, desde a avaliação do terreno até a pós-aquisição, focando na viabilidade técnica e financeira do empreendimento. Gratuita, a publicação é direcionada ao pequeno e médio investidor do setor.

Segundo Marcela Maciel de Araújo, pesquisadora do Laboratório de Resíduos e Áreas Contaminadas e responsável pelo projeto no IPT, o guia foi pensado para ser acessível a um público leigo. “Nosso objetivo é orientar, sobretudo o pequeno e médio empreendedor, sobre o que são áreas contaminadas, que tipo de serviços executar, como avaliar uma consultoria para contratação e como mensurar a viabilidade do empreendimento que pretende desenvolver”, afirma.

A publicação, chamada “A Produção Imobiliária e a Reabilitação de Áreas Contaminadas: Contratação de Serviços, Responsabilidades Legais e Viabilidade de Empreendimentos”, contém um mapeamento das atuais áreas contaminadas em São Paulo, metodologias de gerenciamento das áreas contaminadas pós-aquisição, orientações de critérios técnicos para contratação de serviços imobiliários e métodos de valoração de áreas para análise da viabilidade de empreendimentos imobiliários, com base em um balanço entre investimento e riscos.

“O conhecimento técnico disposto nesse manual é de fundamental importância para o estabelecimento de critérios claros no processo de gerenciamento, garantindo que os procedimentos e ações de trabalho sejam realizados com segurança à população”, defendeu Geraldo Amaral, diretor de controle e licenciamento ambiental da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb).

Para acessar a publicação, clique aqui. http://www.ipt.br/download.php?filename=1642-A_producao_imobiliaria_e_a_reabilitacao_de_areas_contaminadas.pdf

Por Gabriel Gameiro

Veja também:

ATENÇÃO ASSINANTES!

O acesso às edições mais recentes das revistas AU – Arquitetura e Urbanismo, Construção Mercado, Equipe de Obra, Infraestrutura Urbana e Téchne foi restabelecido em nossa plataforma digital.